Sobre o Sacrifício Ritual
Performance ritual construída a partir de imersão de lon... Leia mais

Performance ritual construída a partir de imersão de longa duração, tanto no movimento social de povos de matriz africana, quanto no processo seletivo de passistas da Vai-Vai de 2016 – ao qual a performer Ana Beatriz Almeida se submeteu. Questiona-se a construção da identidade nacional a partir do símbolo da passista e suas negociações entre a sociedade, o corpo da mulher negra, a espiritualidade e o Carnaval. A obra é um exercício ético e estético produzido a partir do método corporal criado pela performer após 11 anos de butoh, em parceria com as comunidades do Baba Egun e a Irmandade da Boa Morte. Num paralelo com o projeto de (r)existência cultural do candomblé, ameaçado recentemente pelas propostas de lei que proibiam o sacrifício ritual, mobiliza-se a corporeidade negra feminina estabelecida na dicotomia entre sujeito central na resistência e objeto dos mecanismos de manutenção sociocultural.

Categoria:
Outros
Classificação:
14 anos
Duração:
1h 0m
Elenco:
Ana Beatriz Almeida
De:
Ana Beatriz Almeida
  1. Centro Cultural São Paulo R. Vergueiro, 1.000 - Liberdade - Tel: 3397-4000 Apresentações: Sáb 21h, Gratuito Temporada: A partir de 29/02/2020 até 29/02/2020

ESPETÁCULOS EM DESTAQUE