Cartas à Madame Satã ou me desespero sem notícias suas
Cartas à Madame Satã ou me desespero sem notícias suas ... Leia mais

Cartas à Madame Satã ou me desespero sem notícias suas (2014) faz parte da trilogia “Dos desmanches aos sonhos , pesquisa continuada do grupo ao redor de questões sobre a afetividade negra em diferentes contextos, desdobrando-se em debates sobre a negritude, sexualidade, família, e o impacto da escravidão nas maneiras de amar. O material audiovisual foi construido através de entrevistas e cartas recolhidas nos mais diversos cotidianos, a isso está somado as muitas palavras suspensas de biografias negras de figuras públicas e anônimas, embaralhadas em narrativas agora endereçadas em tom confessional à Madame Satã, figura mitica negra do Rio de Janeiro no sesc XX. A trilha sonora ao vivo movimenta a criação a partir das corporeidades negras da capoeira angolana, do samba de roda, da dança dos orixás, e da dança contemporânea. A partir destas referencias surge um monólogo com a força do gesto e do discurso, entrecortado por manifestos poéticos que brincam com estereótipos e expõem diversas questões políticas contemporâneas.

Categoria:
Teatro Documentário
Classificação:
16 anos
Duração:
0h 35m
Elenco:
Sidney Santiago Kuanza
Diretor:
Lucelia Sergio
De:
José Fernando de Azevedo
  1. SESC 24 de Maio Rua 24 de Maio, 109 - Centro - Tel: 3350-6300 Apresentações: Qui 16h30, Gratuito Temporada: A partir de 06/06/2019 até 06/06/2019

ESPETÁCULOS EM DESTAQUE